Menu

Um modelo vencedor de CV executivo sénior

Um modelo vencedor de CV executivo sénior



Written by EO Executives on May 10, 2018

 

 

Os currículos são um tema difícil, pois as pessoas tendem a receber muitos conselhos contraditórios de amigos, colegas ou profissionais sobre como devem ser estruturados e das coisas a ter em atenção.

Somos muito afortunados. Temos cerca de 250.00 CV Executivos na nossa base de dados global, então já vimos de tudo, desde o muito bom até ao não tão bom. O que conseguimos fazer foi formar uma opinião e colocá-la num modelo, que achamos que será realmente benéfico para qualquer um que esteja prestes a disponibilizar-se no mercado ou no meio de qualquer tipo de atividade de procura de emprego.

Neste texto, vou falar sobre esse modelo. Um modelo deve ser sustentado por duas regras-chave, por isso quero partilhar essas regras primeiro para obter mais algum contexto sobre o porquê de selecionarmos esta estrutura em particular.

 

  1. A primeira regra é o que chamamos de regra dos dez segundos

  2. Pode ter lido anteriormente que a maioria das pessoas não demora mais do que dez segundos a rever um CV. Geralmente, o nosso público a nível de executivos sénior são pessoas muito ocupadas, que estarão à procura de coisas específicas para avaliar se você se enquadra ou não para um processo inicial de triagem ou entrevista. Temos que estar realmente conscientes desta Regra dos Dez Segundos.
  1. A segunda regra é só sobre o público

  2. Temos que nos certificar de que o nosso documento agrada a um público alargado. Não será necessariamente uma pessoa altamente técnica a rever o seu currículo. Pode ser que o seu currículo seja analisado por um caça-talentos, investigador ou pelo departamento de RH antes da Administração ou o CEO ou DG consigam visualizá-lo. Portanto, precisamos de garantir que o nosso currículo é amplo e abrangente para que possa atrair.

 

Estrutura do CV -Nome, dados de contacto e localização

Passemos agora à estrutura em si. Tal como acontece com a maioria das coisas, a simplicidade aqui é fundamental, tal como a clareza, que também é muito importante. É claro que no topo está o seu nome (de certeza que conseguimos acertar nisso!).

 

Em vez de ter uma enorme secção sobre a educação, se tiver alguma qualificação académica no topo do currículo recomendamos que coloque as letras após o seu nome, e tenha uma secção separada para a educação secundária no final do currículo. Pensando na Regra dos Dez Segundos, a imagem que precisa de ter em mente é que, se a primeira página do seu currículo caísse na rua e um potencial empregador apanhasse essa página, deveria conseguir saber, apenas através dessa página, o que tem sido a sua carreira.

 

A primeira página, por si só, deve sobressair como um documento, enquanto as outras páginas complementam informações que fornecem mais detalhes. Também precisa ter certeza de que podem entrar em contacto consigo facilmente através de vários meios, por isso é muito importante que tenha um número de telefone e também recomendamos que tenha uma hiperligação para o seu perfil do LinkedIn.  Numa futura Master Class, vamos abordar como pode maximizar o seu perfil no LinkedIn para complementar este tipo de currículo. Nesta altura, também é muito importante que tenha dados sobre a sua localização, porque vários algoritmos de pesquisa usados por bases de dados de recrutamento usarão a localização como um fator-chave nas pessoas que selecionam para abordar em relação às oportunidades que surgem.

 

Objetivo de carreira ou Declaração de missão

A próxima secção é onde muitas pessoas experientes que conseguiram ir longe profissionalmente começam a fracassar. Os executivos sénior tendem a ter uma seção de perfil pessoal enorme e pesada, que é um monte de texto que ocupa pelo menos um terço a metade da primeira página a falar sobre eles, quem são e o que fazem.

 

A tendência é que seja um pouco genérico... Sou um líder dinâmico, executivo comprovado, profissional experiente ... qualquer clichê que queira usar. A nossa experiência diz-nos que os clientes, caça-talentos e tomadores de decisão no processo de carreira não tendem a lê-los. Infelizmente, como resultado muitas coisas boas não são vistas porque estão perdidas no lodo de todo aquele texto. Então, ao invés de um bloco de texto, redija o seu perfil pessoal para um objetivo de carreira ou uma missão de carreira. Pode ser algo tão simples como "o meu objetivo profissional é usar a minha comprovada capacidade de liderança comercial para acrescentar valor a uma organização com visão de futuro". É uma declaração de intenção, é forte e mostra muito foco.

 

Conquistas profissionais

Depois de ter definido a missão ou objetivo no topo do currículo, a nossa próxima recomendação é que escolha seis a oito conquistas profissionais fundamentais. Estas são as seis a oito coisas das quais você mais se orgulha e que gostaria que um possível empregador visse primeiro se considerasse a sua candidatura. Torne-as realmente atraentes. Vejo muitas pessoas com realizações profissionais perdidas na página três ou quatro, o que pode ser muito bom, mas nunca é visto. Queremos que vejam de imediato o que você fez, o que conquistou e do que se orgulha, para que a pessoa que está a analisar este documento perceba o positivismo por detrás.

 

Competências

Voltando ao nosso ponto sobre o público alargado, a próxima secção a incluir é de seis a oito competências técnicas e comportamentais. Lembre-se de que muitas pessoas que reveem estes currículos terão, na verdade, uma descrição de função com uma lista de Competências para as quais tentarão arranjar correspondência. Ao listar as suas principais competências desta forma, estará a facilitar a escolha como candidato preferencial. O tipo de coisas a referir aqui seria gestão de relação com as partes interessadas, influência, liderança, adaptabilidade e outras coisas técnicas se estiva numa área mais técnica.

 

Resumo da carreira

Quando chegarmos ao terço inferior da primeira página, é necessário criar uma grelha. Essa grelha pode ser chamada de História da Carreira ou Carreira ou alguma coisa dentro dessas linhas e terá três secções simples:

 

Empresa         |         Função         |         Datas

 

Simplesmente indique as empresas para as quais trabalhou, que funções teve nessas empresas e as datas em que lá trabalhou. A razão pela qual fazemos isto é porque dá às pessoas uma visão realmente rápida e fácil em termos da sua carreira, a rapidez com que progrediu, o tipo permanência nas funções e também serve como um índice para o resto do CV. Como recrutador, posso olhar rapidamente para esta área da empresa e dizer... ah, bem, esta ocupação em particular é de interesse para nós no contexto deste cargo, vamos folhear algumas páginas e saber mais pormenores. Crucialmente, porém, como candidato executivo, está a elaborar o seu currículo para que o revisor possa decidir onde ir, em vez de ter que percorrer muitos textos para chegar ao que lhe interessa.

 

Ao resumir brevemente os seus cargos anteriores, também está a aumentar a hipótese de ser encontrado numa pesquisa de base de dados por uma empresa de recrutamento para um trabalho relevante. A maioria dos recrutadores irá restringir a pesquisa por cargo, mas às vezes podem perder o algoritmo de pesquisa se os cargos estiverem enterrados num monte de texto. Resumir de forma breve e clara as suas funções na primeira página, torna mais fácil para a ferramenta de pesquisa ver que você é uma potencial correspondência.

 

O resto do seu currículo

Sem dúvida, a qualidade e clareza da primeira página do seu currículo será um fator-chave para determinar se será o tipo certo de pessoa para um cargo. Além da primeira página, sugerimos que tenha três secções:

 

  1. Histórico profissional completo

  2. É aqui que pode inserir mais detalhes sobre cada um dos cargos que ocupou e quais foram as suas principais conquistas e responsabilidades. Como revisor, usarei esta secção para explorar determinadas tarefas que são de interesse para mim e para a função para a qual está a ser proposto.

 

  1. Interesses

  2. É bom incluir algumas informações pessoais curtas sobre si mesmo no seu currículo. Muitas vezes, os responsáveis pela contratação vão olhar rapidamente para esta secção para ver que tipo de pessoa você é e quais são as suas paixões na vida. É também uma boa maneira do responsável pela contratação iniciar uma conversa informal, para se certificar de que você é capaz de desenvolver qualquer coisa que escreva!

 

  1. Qualificações

  2. É uma boa prática incluir também no seu currículo a sua lista completa de qualificações, certificações e inscrição em qualquer sociedade. Para cargos executivos seniores, a formação educacional nunca é tão importante quanto a experiência e o conhecimento, mas ainda vale a pena incluir essa secção.

 

E depois?

Esperamos que o modelo de currículo do executivo sénior que colocamos aqui faça sentido. Quando alguém está a ver isto, terá uma boa noção de como você é focado e quão objetiva é a sua missão. Está a atingi-los com conquistas boas e eles vão ter uma ideia muito positiva sobre si. Tem todas as Competências que eles procuram, e o seu documento está otimizado para lhe dar a melhor hipótese de ser encontrado através de algoritmos de procura de recrutamento. Como responsável pela contratação ou recrutador, teríamos uma boa impressão sua numa página do seu percurso profissional.

 

Transferir o seu modelo de CV Executivo Sénior

Se desejar elaborar o seu CV na mesma estrutura e estilo já descrito neste artigo, pode descarregar o nosso modelo de CV executivo sénior aqui. Depois de concluído, não se esqueça de o enviar para a nossa base de dados executiva usando esta ligação.